sexta-feira, junho 02, 2006

Para Ti

Há alturas em que a minha cabeça de ''Princesa Ervilha'' leva-me a inventar outro lugar, onde existimos só nós.
Eu sei que está na altura de te esquecer, mas não sei nem mesmo querer arrancar-te do meu sentir. Cada vez que me olhas no olhos um calafrio percorre-me de alto a baixo, forte e arrebatador, como que um arco-íris de felicidade invadisse o meu interior. Aguardo pelo momento oportuno em que ainda vou a tempo de te dizer olhos nos olhos todas as palavras que me vão na alma.